A CASA DE BERNARDA ALBA

F. García Lorca

DIC:

gazua: chave grande; invasão muçulmana.

fífia: tom desafinado

mantilha: manto senhoril, faixa; quase sempre associado ao luto e à religião.

farronca: fanfarrão; bravata; mesma coisa que bicho-papão em Portugal.

CRIADA

Apodrece, António Maria Benavides, esticado no teu fato novo, com as tuas botas de montar. Apodrece! Nunca mais me levantarás as saias, atrás da porta do curral.”

Senhora!”

BERNARDA

Menos gritos e mais obras. Os pobres são como os animais. Parecem feitos de outra carne.”

As mulheres na igreja não devem olhar senão para um homem, o oficiante, e esse porque tem saias. Voltar a cabeça, só para a esconder no capuz.”

Porque nos 8 anos que vai durar o luto não entrará nesta casa o vento da rua.”

MARTÍRIO

Pois não. Mas as coisas repetem-se. A vida não é mais do que uma repetição terrível. A Adelaide nasceu com a mesma sina da mãe e da avó, ambas mulheres do homem que lhe deu a vida.”

Que lhes importa a eles a fealdade! Aos homens o que lhes interessa é a terra, os bois e uma cadela submissa que lhes dê de comer.”

MADALENA

Naquele tempo a vida era mais alegre. Uma boda durava 10 dias e não havia tanta má-língua. Hoje, há mais luxo, as noivas põem véus brancos, como nos casamentos da cidade, e bebe-se vinho engarrafado, mas estamos para aqui a apodrecer com medo do que os outros dizem.”

AMÉLIA (a MADALENA)

Tens os cordões do sapato desapertados.

MADALENA

Não me importa.

AMÉLIA

Podes pisá-los e cair.

MADALENA

Era uma a menos!”

Já aos 20 anos parecia um pau de vassoura vestido. O que não será agora com 40!”

BERNARDA

Pois tiveste a coragem de pôr pó de arroz na cara? Tiveste a coragem de lavar a cara no dia da morte de teu pai?!”

LA PONCIA

os homens, 15 dias depois de casados, trocam a cama pela mesa, e depois a mesa pela taberna, e as mulheres que não se conformam que apodreçam a chorar para um canto.”

Então o Pepe fará o que fazem todos os viúvos desta terra: casará com a mais nova, a mais formosa, que és tu.”

MARTÍRIO

Estou desejosa de que chegue Novembro, os dias de chuva, a geada, tudo que não seja este Verão interminável.

AMÉLIA

Há-de passar e voltar outra vez.”

BERNARDA

Não lhe deves fazer perguntas. E de pois de casar, muito menos ainda. Responde quando ele te falar e olha-o quando ele te olhar. Assim evitarás muito desgosto.”

ADELA

Não gostas das estrelas?

MARTÍRIO

A mim as coisas que se passam para cima das telhas são-me indiferentes. Bem me basta o que se passa dentro das casas.”

BERNARDA

Se nesta casa crescessem ervas, já para cá terias trazido, a pastar, todas as ovelhas da vizinhança.”

LA PONCIA

Olha, quando mal se espera é que cai o raio.”

MARIA JOSEFA

Bernarda,

cara de leoparda,

Madalena,

Cara de hiena.

Ovelhinha!

Mééé, méééé.

Vou lavar as tuas fraldas”

Martírio, cara de Martírio. Quando é que tens um filho? A mim nasceu-me este.”

Antes ter uma ovelha do que não ter nada.”

Tens razão. Está tudo tão escuro! Como tenho o cabelo todo branco, pensas que não posso ter filhos, sim, filhos, filhos e mais filhos. Este há-de ficar com o cabelo branco e ter um menino, que por sua vez terá outro, e todos com o cabelo de neve, e seremos tal qual as ondas do mar, umas atrás das outras, umas atrás das outras. Depois, todos sentadinhos, com o cabelo muito branco, ficaremos como a espuma. Por que não há aqui espumas?! Aqui só há vestidos de luto!”

ADELA

Podem perseguir-me todos os que se julgam honestos! Nada me importa! Serei eu mesma a enterrar na cabeça a coroa de espinhos das amantes dos homens casados.”

BERNARDA

A palha é a cama das desgraçadas!”

Tirem-na da corda! A minha filha morreu virgem! Levem-na para o quarto e vistam-na como uma donzela. Nem uma palavra do que se passou! Morreu virgem! Ouviram?!”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s